destinos,  EUROPA,  Itália

Florença, na Itália: a cidade que é um museu a céu aberto

Florença é a capital da região da Toscana, na Itália e tem um charme especial. Além de estar no centro da região famosa pelas belas paisagens e vinhos, é conhecida também por ser considerada o berço do Renascimento. O Renascimento foi um período que revolucionou as artes, a cultura, a ciência, política e muito mais. O período teve importantes nomes como Leonardo Da Vince, Galileu Galilei, Dante Alighieri e outros como representantes deste movimento de passagem entre as Idades Média e Moderna.

Como pode-se perceber, esta é uma cidade extremamente importante para a história da Europa e consequentemente do mundo ocidental. Eu, como amante de história, sempre quis ir para Florença e confesso que ela até superou minhas expectativas. Portanto, se você gosta de história, arte, cultura e arquitetura, não tenho dúvidas que você se encantará por Florença. A cidade é linda e, de fato, é um museu a céu aberto.

Ponte Vecchio | Florença

Como chegar em Florença

O aeroporto internacional de Florença (Aeroporto Amerigo Vespucci) recebe voos direto de todos muitas cidades da Europa, entretanto, saindo do Brasil não existe nenhum voo direto para lá. Você pode pegar voos saindo do Rio ou São Paulo direto para Roma, e de lá ir para Florença. Ou então, saindo de São Paulo para Milão em voo direto e então seguir para a capital da Toscana.

Se você estiver dando uma volta pela Itália e conhecendo mais cidades, é possível chegar a cidade de trem, que recebe trens de quase todos os principais destinos da Itália, como Roma, Milão, Veneza, Pisa, Nápoles, Siena, entre outros tantos destinos menos populares. Além do mais, por ser a capital da Toscana, Florença te conecta com facilidade às principais da região.


O que fazer em Florença

Em Florença você vai respirar muita história e arte e além de ser um museu a céu aberto, existem muitos museus na cidade. Portanto, se você gosta de arte, você deverá incluir pelo menos um museu no seu roteiro. Além disso, a cidade é incrível para curtir a rua, se perder no centro histórico apreciando tudo o que este destino tem a te oferecer. Até porque a rua é de graça, não é mesmo?

Duomo de Florença

A principal atração, sem dúvidas é a icônica Catedral de Florença, ou Duomo di Firenze. Localizada na Piazza del Duomo, no centro histórico, esta igreja é muito impressionante. Enorme e super imponente, você não pode deixar de visitá-la. Sua fachada, toda em mármore branco impressiona qualquer um, por isso, tire um tempo para apreciá-la de fora.

Existem várias opções de bilhetes para conhecer seu interior e você pode descobrir qual a melhor forma para você aqui. Porém, eu recomendo que você inclua a subida a Torre da igreja, pois de lá não só você terá uma vista incrível da cidade, como também verá a imponente cúpula bem de pertinho. Uma obra de arte!

Indico também que você compre ingressos para o duomo com antecedência de alguns dias, pelo menos. Eu não me preparei com tanta antecedência e infelizmente não pude visitar a cúpula que tem 114m de altura e 45m de diâmetro. Ela foi construída por Filippo Brunelleschi e sua decoração e interior realizados por Giorgio Vasair e Federico Zuccari, com uma pintura que representa o juízo final. Se for subir na cúpula, se prepare, porque são 463 degraus!

Museus

Os principais museus são a Galeria delle Uffizi e a Galleria dell’Accademia. E são imperdíveis se você gosta de história e arte, tenho certeza que você irá se impressionar! Você pode encontrar opções de ingressos e programar sua visita clicando no nome dos museus acima.

A Galleria delle Uffizi é um palácio que abriga um dos museus mais antigos do mundo. Dividido em várias salas dispostas por escolas e estilos em ordem cronológica, o museu exibe obras do século XII ao século XVIII, com a melhor coleção do mundo de obras do Renascimento. Artistas como Cimabue, Caravaggio, Leonardo da Vinci, Michelangelo, Rafael, Rembrandt, Sandro Botticelli e muitos outros. Separe algumas horas para este passeio.

Já a Galleria dell’Accademia é famosa principalmente por abrigar nada mais nada menos do que a escultura original de Davi de Michelangelo. Se prepare para visitar, pois é bem disputada e as filas são enormes!

Uma terceira opção de museu é o Museu do Duomo di Firenze, com muita histórica principalmente a respeito da igreja católica, mas também cheio de informações sobre a arte renascentista. É nesse museu que fica a famosa Pietá, de Michelangelo e o ingresso para visitar o duomo inclui também o museu. Impressionante!

Pieta de Michelangelo | Florença
Pietá, de Michelangelo, no museu do Duomo de Florença

Piazza della Signoria

Esta é a praça central de Florença e é aqui onde fica o centro do poder civil da cidade, o Palácio Vecchio, e é bem em frente ao palácio que você encontrará a réplica de Davi de Michelangelo! Por ser a principal praça da cidade, está sempre cheia de turistas e também locais e é super animada.

Além de Davi, você verá várias outras importantes esculturas feitas por renomados artistas renascentistas, no Logia dei Lanzi, que é um pequeno museu ao ar livre. Com destaque para O Rapto das Sabinas e Perseu com a cabeça da Medusa. Sem dúvida, é um ótimo lugar sentar, descansar e apreciar essas obras de arte.

Ponte Vecchio

A Ponte Vecchio é um dos principais cartões postais de Florença. Ela atravessa o Rio Arno, ligando a cidade de norte à sul. Construída em 1345, ela é a ponte de pedra mais antiga da Europa e foi a única ponte de Florença que não foi destruída pelas tropas alemãs durante a Segunda Guerra Mundial.

Na ponte você encontra diversas lojas a artistas de rua. Mas o mais interessante é que ela abriga o Corredor Vasariano. Construído por Giorgio Vasari em 1565, no casamento de Francisco I com Giovanna da Áustria – que naquela época abrigava um mercado de carnes – para evitar que os convidados tivessem que atravessar a Ponte Vecchio com odores horríveis, a solução foi construir uma via aérea que ligasse de um lado o Palazzo Vecchio, sede de governo, e de outro o Palazzo Pitti, residência da família Médice, passando pela Galleria delle Uffizi.

Ponte Vecchio e o Rio Arno

Centro histórico

Recomendo que você se perca pelo centro histórico a pé. Ande e vá conhecendo a cidade, observando tudo. Pare para um café ou gelato e veja avida passar. A cidade tem muita vida e uma energia incrível. Além destes poucos pontos turísticos que eu citei, existem muitos outros museus e lugares interessantíssimos para você visitar. Vai depender muito do seu estilo de viagem. Eu adoro andar e ver a cidade da rua, por isso, caminhar e observar a arte, história e arquitetura da cidade foi meu programa preferido na cidade.

No centro histórico você também encontrará muitas outras igrejas e se você gosta deste tipo de passeio, tenho certeza que ficará encantado com as belezas que Florença pode te proporcionar.

Pizza della Repubblica

Além da Piazza della Signoria, existe outra importante praça, a Piazza della Repubblica, recheada de cafés, bares, restaurantes e lojas de grifes famosas, a praça é considerada o coração da cidade. Ali encontra-se o café mais antigo de Florença, de 1733, o Café Gilli. Perfeito para uma pausa!

Localizada bem no centro da cidade, a praça possui o Arco da Abundância, super imponente, ele separada as duas principais ruas do Império Romando. Durante este período era ali que ficava a sede do Fórum e também o mercado medieval.

Palácio Pitti

No lado sul do Rio Arno você encontrará o Palacio Pitti, pertencente a família Pitti que era “concorrente” a familia Médici tanto na política quanto na vida social. A família foi a falência e a família Médici comprou o espaço, se tornando então a residência oficial da família em Florença.

Atualmente o palácio abriga alguns museus e é um exemplo da inovadora arquitetura renascentista. Além do mais, o palácio conta com um enorme jardim, o Jardim Boboli, que também possui várias obras de arte, sendo assim um museu ao ar livre. Para visitar o palácio e seu jardim, você pode buscar ingressos aqui.

Piazzale Michelangelo

Ainda ao sul do Rio Arno, subindo algumas ruas e escadarias, existe a Piazzale Michelangelo, dedicada ao artista, a praça tem uma cópia de Davi bem ao centro. Mas a grande atração aqui é a vista panorâmica da cidade de Florença. De lá é possível observar o Duomo de Florença, o Palácio Vecchio, a Ponte Vecchio e muitos outros pontos. Um visual de tirar o fôlego de qualquer um!

Vá a praça ao entardecer, o pôr-do-sol lá do alto é incrível. Sem contar que é um ponto de encontro de muitos locais e, turistas, claro. Leve um bom vinho ou qualquer outra bebida, um petisco e curta o pôr-do-sol encantador.

Passeios fora de Florença

Depois de conhecer Florença, considere ao menos um bate e volta a alguma cidade da Toscana para conhece a famosa região dos vinhos. Cheia de paisagens encantadoras, pequenos vilarejos que te transportam para o Império Romano e incontáveis opões de vinícolas para provar os mais famosos vinhos da Itália, o Brunello di Montalcino e o Chianti Clasico, além de muitos outros saborosos vinhos.

Se for de bate e volta, recomendo que vá a San Gimignano, pois é a cidade mais próxima a Florença. Aqui você pode encontrar alguns passeios.

Entretanto, recomendo que fique pelo menos 2 dias na região, principalmente se você, assim como eu, é um amante de vinhos. Aqui você pode conferir meu roteiro de 4 dias pela Toscana.


Sugestões gastronômicas

Para um almo rápido, bem no centro de Florença, recomendo o All’Antico Vinaio. São sanduíches em pão italiano, feitos na hora hora de acordo com a sua escolha. Super bem servido e com valores super acessíveis, o local tem poucas mesas, muita fila e vive cheio tanto de locais como de viajantes em busca do tradicional sanduíche italiano. Uma delícia!

All'Antico Vinaio | Florença
Sanduíche no All’Antico Vinaio

Já para um café, recomendo o Café Gilli, um dos mais antigos da cidade, localizado na Piazza della Repubblica. Faça uma pausa para descanso e aproveite para saborear um bom café italiano.

E nada mais italiano do que um gelato, correto? E essa dica que eu vou te dar é imperdível! Gelateria Santa Trinita. Guarde esse nome e já coloquei na sua listinha para visitar quando estiver em Florença. O sorvete deles é di-vi-no! Recomendo qualquer sabor, mas se quiser ousar e pedir algo diferente, escolha o sabor sesamo nero (gergelim preto). Super diferente e por incrível que pareça é delicioso. Se não tiver disposto a tomar um sorvete inteiro deste sabor, ao menos peça uma prova, você não vai se arrepender.

Para jantar, recomendo um pequeno e pouco conhecido restaurante, o Vivanda. Um restaurante vegetariano e orgânico, bem ao estilo slow food, onde eles tem um cuidado e atenção especial aos ingredientes que utilizam. Além do mais, tem sua própria produção de vinho orgânico. Um cardápio super diferente, porém delicioso. Vale experimentar o vinho, que também é muito saboroso!

Por último, não deixe de conhecer Mercato Centrale di Firenze. Com opções para todos os bolsos, gostos e vontades, além de ser um mercado central com lojinhas de produtos frescos e típicos italianos, o segundo andar possui uma praça de alimentação enorme com comidas típicas e também outras opções. Perfeito para um passeio, um almoço, um jantar, café ou até mesmo happy hour. Fui para almoçar e também para comer uma pizza e tomar um vinho no fim do dia. Recomendo de olhos fechados!


Onde ficar em Florença

Localizado ao lado da Basilica de Santa Cruz, o hotel La Maison du Sage é um ótimo hotel, localizado bem no centro histórico. Perfeito para curtir a cidade a pé.

Já o Palazzo dei Conti Residenza d’Epoca fica super próximo ao Duomo di Firenze e é possível ver sua cúpula do hotel. Localização perfeita, o hotel tem um estilo um pouco mais moderno.

Um pouco mais em conta, porém também muito bem localizado próximo a estação de trem de Florença, o Hotel delle Nazioni também é uma ótima opção de hospedagem.

Criamos um Roteiro Personalizado e exclusivo para você. Entre em contato conosco aqui!

Para finalizar

Espero que tenha gostado das minhas dicas e sugestões para Florença e se você estiver com viagem programada para a Itália, inclua Florença no seu roteiro. Essa cidade é imperdível! Linda, cheia de história, com arte acessível gratuitamente ao ar livre e uma energia contagiante. Além dos muitos museus, de todos os tipos, desde arte até ciência e muito mais. Uma cidade perfeita para caminhar e apreciar a beleza da cultura e história italiana.

Planejando sua viagem

Somos parceiros de várias empresas e por isso abaixo vou deixar o link delas para que você possa planejar sua viagem. Se você utilizar o nosso link, você não pagará nada a mais por isso, porém estará contribuindo com o blog. Estas empresas nos dão uma comissão a cada reserva e portanto isso nos ajuda a manter o blog! 🙂

  • Em busca de hospedagem para sua viagem? Clica aqui no Booking.com para encontrar um lugar perfeito para se hospedar.
  • Está buscando passagens com preços acessíveis? Aqui na Max Milhas, nosso parceiro, você pode encontrar a melhor oportunidade!
  • Vai fazer uma RoadTrip? Corre lá no RentCars e reserve já seu carro!
  • Seguro viagem é imprescindível em qualquer viagem e a SegurosPromo tem as melhores opções.
  • Para você chegar no seu destino já com internet, adquira seu chip do nosso parceiro EasySIM4U aqui.
  • Em busca de passeios? Aqui você pode ver os melhores passeios no mundo todo com a GetYourGuide.

Anúncios

curiosa. inquieta. sonhadora. feminista. libriana com ascendente em gêmeos, se isso te diz alguma coisa. louca por viagem, novas culturas, gastronomia. tenho um enorme desejo em mudar o mundo.

Um comentário

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Slow Travel World
%d blogueiros gostam disto: